sábado, 28 de agosto de 2010

partilhando

 Notorio é o meu gosto por musica brasileira, é a forma que eu encontrei de estar em contacto sempre com a nossa cultura, mesmo estando fora do Brasil a mais de 10 anos.

 Sabem aqueles momentos de "sem-querer-querendo" acaba descobrindo, re-descobrindo, músicas que você acha que nunca ouviu, mas você sente que sabe a letra e que faz parte de você? Por mais banal, ou desconexa que seja ela te toca de algum modo. Infelizmente não sou nenhuma expert em musica, mas acho que o essencial é a música te tocar, te transmitir um sentimento... na verdade acho que é a "obrigação" de qualquer arte, e a música se inclui. 
  Dito isso , a uns dias atrás estava " futricando" nas coisinhas de mamãe e redescobri músicas que sem motivo me fizeram rir e chorar. O nome " Chico Buarque" sempre foi muito falado aqui em casa, mas nem sempre muito ouvido ( que lastima hoje penso que deveria fazer parte da rotina diaria ouvi-lo um pouquinho todos os dias ). Vai musica vem musica, resolvi que não seria um blog meu se não houvesse nenhuma referencia a esse grande cantor/compositor Brasileiro que fez o favor ao povo brasileiro de enriquecer um pouco mais a nossa cultura.
   Por isso partilho aqui uma musica simples, tão simples e tão gostosa de ouvir... 











João e Maria


Agora eu era o herói
E o meu cavalo só falava inglês
A noiva do cowboy
Era você além das outras três
Eu enfrentava os batalhões
Os alemães e seus canhões
Guardava o meu bodoque
E ensaiava o rock para as matinês
Agora eu era o rei
Era o bedel e era também juiz
E pela minha lei
A gente era obrigado a ser feliz
E você era a princesa que eu fiz coroar
E era tão linda de se admirar
Que andava nua pelo meu país
Não, não fuja não
Finja que agora eu era o seu brinquedo
Eu era o seu pião
O seu bicho preferido
Vem, me dê a mão
A gente agora já não tinha medo
No tempo da maldade acho que a gente nem tinha nascido
Agora era fatal
Que o faz-de-conta terminasse assim
Pra lá deste quintal
Era uma noite que não tem mais fim
Pois você sumiu no mundo sem me avisar
E agora eu era um louco a perguntar
O que é que a vida vai fazer de mim?

2 comentários:

  1. Este comentário foi removido por um administrador do blog.

    ResponderExcluir
  2. Este comentário foi removido por um administrador do blog.

    ResponderExcluir